Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Segundo informações extra-oficiais, o ministro da economia, Paulo Guedes, já teria convencido o presidente Jair Bolsonaro sobre como as próximas parcelas do Auxílio Emergencial serão pagas. Em vez de duas, o governo deve pagar quatro parcelas, que totalizam os mesmos R$ 1,2 mil por beneficiário aprovados anteriormente.

No dia 1º de julho, o governo federal havia decidido pagar mais duas parcelas do auxílio emergencial, no valor de R$ 600 cada. O benefício foi estendido devido à duração da crise do novo coronavírus, que tem afetado a renda de milhares de cidadãos, entre microempreendedores e profissionais liberais, além dos desempregados.

ÚLTIMAS

Ummix Super Rede 2018 a 2020 - Direitos Reservados